quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

Se você é jovem ainda


Chaves é bom demais e são poucos os que discordam. Cresci assistindo esse programa e, vez ou outra, me vejo utilizando alguma piadinha dita neste seriado que ainda hoje, um quarto de século depois, ainda me fazem achar graça e ter vontade de sair contando pra todo mundo. Com o passar dos anos, algumas piadas eu finalmente consegui entender, mas tem algumas q ainda são incompreensíveis para minha pessoa.. devo ter um lado assim meio Chaves.. meio burrinho. e isso não é vergonha.
As vezes, a burrice e a ignorância são legais e até nos fazem falta. Acho q se eu fosse burro e ignorante teria coragem de ouvir axé e quem sabe até ir a uma micareta.
Creio q Chaves e Chiquinha, se morassem no Brasil e estivessem hoje no início da juventude seriam freqüentadores assíduos de micaretas e via show, falariam q "não gostam de política", leriam um livro um vez na vida outra na morte, comprariam o Meio-Hora todo dia (com direito a recortar o selinho que vem no canto superior) e não perderiam um único capítulo da novela das oito.
Já o Kiko, como toda criança escrota e metida, estaria bem na vida, cheio de amigos e provavelmente com uma namorada bem gostosa.
Se na infância ser Chaves é legal, acho q depois de uns anos vale muito mais a pena ser Quico.

2 comentários:

nafierz disse...

ADOREI!mas eu,sinceramente,sempre achei que o Kiko viraria gay.Sempre desconfiei um pouco da masculinidade daquele menino!haha
bjs,Stuart!rsrs.Naiane

Caroline disse...

Pra falar a verdade, o Quico também não era rico. Só que a mãe dele tinha dinheiro do pai dele.
A diferença pra Chiquinha é q o pai dela não trabalha, e o Chaves é órfão.

Definitivamente não queria ser nenhum deles. To bem burrinha e não tão miserenta.

Arquivo do blog