quinta-feira, 3 de janeiro de 2008

Feliz Ano Velho!

Periodicamente, quando nos aproximamos do derradeiro mês, um frisson se impõe na atmosfera já esfumaçada do Rio de Janeiro. Nesta época, a comilança rola solta, sempre com alimentos ultra calóricos e de duplo sentido. Rabanada, peru, fio de ovos e outras guloseimas mega colesteróicas, atraem como moscas o opulento contingente gordo e obeso, que vão a tais confraternizações apenas com o objetivo de encher a pança, constantemente rondando a mesa, olhando para o relógio e ficando à espreita, esperando o momento do jantar.
Nas ruas, vemos papais noéis velhos, melados e pingando suor. A roupa, que agora emana um forte odor de uréia, agasalha os nobres bons velhinhos sob o lazarento sol carioca como se eles estivessem encarando um inverno rigoroso na gélida Friolândia, deixando-os parecendo toucinhos estorricados, cada vez mais negros.
...e mais um ano chega ao fim na cidade maravilhosa. De fato é um ano novo, mas ainda teremos os pivetes de rua que vivem cheirando cola, malabaristas de sinal, cambistas, família Garotinho, assassinos, sequestradores, corinthianos, operadores de telemarketing e o lamentável Blog do Bacon.
Feliz Ano Velho!

Um comentário:

siljebjork disse...

huahuahua só vc msm p/ escrever isso né barba-man(ou seria homem bomba?)...mas ri muito huahuahua mto boa msm...
Feliz ano velho!!

Arquivo do blog